sexta-feira, 2 de maio de 2014

[Aquisição] Dark Souls II Collector’s Edition Japan (PS3)


Quando vi o anúncio das edições especiais de Dark Souls II, eu não tive muita dificuldade em escolher a edição japonesa. Naquela ocasião, o material de divulgação da edição com a estatueta (Warrior Knight Figurine) não parecia ser algo que valesse a pena o investimento. Uma conclusão precipitada, admito. E confesso que me arrependi de ter subestimado a Collector’s Edition.

Mas hoje o assunto é a Collector’s Edition japonesa. Que edição! É muito bonita! De antemão, nota-se a qualidade da coleção no acabamento da caixa. Darks Souls II Collector’s Editon Japan é quase uma edição perfeita, dentro dos meus padrões de avaliação. Deixarei para falar sobre isso mais adiante, provavelmente no post de unboxing. A compra foi feita na fase de pré-venda pela Nin-Nin Game. Uma compra (como as demais) muito bem sucedida. Eles têm um grande cuidado com a embalagem da encomenda e os produtos que recebemos até agora chegaram impecáveis.

E, assim como foi com Metal Gear Solid V: Ground Zeroes – Konami Style Limited Edition, essa edição de Dark Souls II também foi tributada pela Receita. Então, eu quase fui à falência nesse mês (rs). Sério, essa vida de colecionismo não é fácil, principalmente se você importa quase todos os itens que compra. As taxas de impostos são absurdamente altas. Além disso, há o fator risco... Risco de perder sua encomenda, ou melhor, o correio (na pessoa de algum funcionário “competente” – fazendo uma grande e descarada generalização) extraviar o seu pacote.

Sendo assim, não sei o que é pior: extravio ou tributação (ou não pagar o imposto e deixar a encomenda retornar, o que vai dar no mesmo: prejuízo). Decidi vós – ou no corrente e usual português, decidam vocês... Deixando o drama financeiro de lado e voltando a falar dessa edição de Dark Souls II: vale a pena adquirir, não vale? 


Nana

quinta-feira, 1 de maio de 2014

[Aquisições] BANPRESTO FIGURE COLOSSEUM - Dragon Ball SCultures (BIG) Zōkei Tenkaichi Budōkai 3 ~ Chi-Chi, Android 18, Majin Boo e Kame Sennin (PVC Figures)


Fiquei tão empolgada com a chegada de Metal Gear Solid V: Ground Zeroes Konami Style Limited Edition e Dark Souls 2 Collector’s Edition Japan, que acabei me esquecendo de postar as mais recentes figures que adquiri para a minha coleção de Dragon Ball.  Difícil escolher a mais legal... Vilões ou mocinhos, todas as personagens de Dragon Ball são interessantes. Se puder, quero colecionar todas.

Eu ainda nem tive tempo para fotografar uma a uma. Fiz a abertura de cada caixa apenas para conferir se estava tudo ok. Então, aqui deixo somente a lista com o nome completo dos itens e uma imagem para cada caixa. As figures em detalhes estarão em outros posts. As caixas foram encomendadas de uma vez só através de um único vendedor via Ebay. E ainda bem que não foram tributadas. Uma pena que esse sistema de amostragem (usada na tributação de importados) da Receita Federal está chegando ao fim. Em breve, tudo vai ser tributado antes mesmo de chegar. Meu bolso chora... rs

Vamos às figures:

[BANPRESTO FIGURE COLOSSEUM - Dragon Ball SCultures Zōkei Tenkaichi Budōkai 3 ~ Chi-Chi]
[BANPRESTO FIGURE COLOSSEUM - Dragon Ball SCultures Zōkei Tenkaichi Budōkai 3 ~ Android 18]
[BANPRESTO FIGURE COLOSSEUM - Dragon Ball SCultures BIG Zōkei Tenkaichi Budōkai 3 ~ Majin Boo]
[BANPRESTO FIGURE COLOSSEUM - Dragon Ball SCultures BIG Zōkei Tenkaichi Budōkai 3 ~ Kame Sennin]





Nana

[Aquisição] Metal Gear Solid V: Ground Zeroes [Konami Style Limited Edition] ~ PS4


Há algum tempo esperava com ansiedade um novo jogo e uma nova edição de colecionador (ao estilo das Premium Package) da série Metal Gear (favorita dele ♥). Até que anunciaram Metal Gear Solid VForam tantos vídeos veiculados e nomes diferentes que logo se começou a especular qual realmente seria o jogo verdadeiro. Até que a Konami (para ser mais precisa, Hideo Kojima) anunciou que os dois títulos, tanto Ground Zeroes, quanto The Phantom Pain, seriam Metal Gear Solid V, sendo o primeiro o prólogo do segundo.

Prólogo devidamente anunciado e na sequência, edições especiais, limitadas e pacotes também divulgados. É claro que eu já estava intencionando adquirir alguma delas, se possível a mais completa. Depois de analisados todos os anúncios com detalhes de cada edição, optei pela Konami Style Limited Edition, por causa da figure metálica do Snake. Edição escolhida. Só faltava efetuar a compra. Então, me deparei com um problema: essa edição sendo exclusiva da loja Konami Style só podia ser vendida dentro do Japão. O jeito foi importar por terceiros. Fiz a compra ainda na fase de pré-encomenda.

Achei que não viesse nada mais, além da figure, e do jogo, é claro. Mas para minha surpresa, veio um pequeno bônus – disponibilizado para os primeiros compradores da edição na loja da Konami: uma réplica de case de fita cassete que serve como stand para Smartphone (podendo ser usado para exibir o mapa do jogo). A “fita cassete” é na verdade um bloco de notas (representação das fitas que o jogador, ao controlar Snake, deve recuperar ao longo do jogo).

Apesar de não ter a caixa especial com é a da Premium Package, nem o livro (em japonês) – novelização de Metal Gear Solid: Peace Walker com ilustrações de Yoji Shinkawa – item que eu gostaria muito de ter, estou muito satisfeita com a aquisição da edição limitada, pois a figure da Square Enix (Play-Arts Kai) me pareceu melhor que a da Revoltech. Além disso, tenho outros action figures da série Play-Arts Kai. Então, essa figure de Naked Snake vai ficar muito bem na coleção.



O ponto negativo dessa compra foi a tributação. Infelizmente, tive que esperar quase um mês para poder recebê-la, pois ela ficou retida nos correios até o pagamento da taxa cobrada pela Receita Federal. No post de unboxing haverá mais fotos e comentários sobre essa edição.

Nana